Como detectar o plágio nas publicações

Segundo o artigo “Ética editorial – como detectar o plágio por meios automatizados”, da Scielo em Perspectiva, nos ambientes acadêmicos a prática do plágio tem crescido de maneira preocupante.

O plágio épode ocorrer em qualquer tipo de documento, em trabalhos científicos, acadêmicos, na imprensa, nos trabalhos monográficos e teses de dissertação e mestrado e até mesmop em códigos de programas de computadores, desenhos de arte, etc., segundo o estudo.

O plágio pode ser:

  • Plágio disfarçado
    • Copiar e mesclar diferentes textos;
    • Plágio expansivo: se copia o texto inserindo pedaços de texto adicional;
    • Plágio contrativo: um resumo de um texto original;
    • Plágio em mosaico: se misturam diferentes textos, trocando a ordem das palavras, usando sinônimos  e inserindo palavras.
  • Parafrasear: Re-escrever intencionalmente as ideias alheias.
  • Tradução: tradução de textos de outros idiomas, ajustando ao idioma desejado.
  • Plagio de ideias: Apropriação dos métodos de investigação, procedimentos experimentais, fontes de informação, etc. Neste caso o que se copia não é o texto, mas sim os métodos.

Veja o artigo completo 

Fonte: Ética editorial – cómo detectar el plagio por medios automatizados. SciELO en Perspectiva. [viewed18 February 2014]. Available from: http://blog.scielo.org/es/2014/02/12/etica-editorial-como-detectar-el-plagio-por-medios-automatizados/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s