Precisão médica

Os Institutos Nacionais de Saúde (NIH), principal organização de fomento à pesquisa médica dos Estados Unidos, anunciaram o lançamento de vários projetos voltados para a área de medicina de precisão, abordagem que integra informações clínicas e moleculares sobre doenças para gerar tratamentos personalizados.

Trata-se do primeiro passo do Precision Medicine Initiative, programa lançado no ano passado pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para o qual deverá ser destinado cerca de US$ 1 bilhão nos próximos quatro anos. Os projetos selecionados apresentarão propostas para a realização de uma das etapas mais ambiciosas do projeto, um estudo de acompanhamento populacional, o chamado estudo de coorte.

A ideia é investigar a interação entre a genética e fatores do estilo de vida e de saúde de 1 milhão de voluntários.“Trata-se do maior e mais ambicioso projeto de pesquisa já realizado nessa área”, disse à revista Science Francis Collins, diretor dos NIH. Uma das instituições participantes, a Universidade Vanderbilt, irá investigar métodos para recrutar voluntários. O objetivo é selecionar 79 mil pessoas este ano. A expectativa é de que seja recrutado 1 milhão até 2019. A Verily, uma empresa de pesquisa em ciências da vida pertencente ao Google, irá prestar consultoria ao projeto.

Fonte: FAPESP

Acesse aqui o artigo do Dr. Francis Collins sobre o que esperar da “Precision Medicine Inititative”.

Quer saber mais?

Pesquise o termo “Precision Medicine” no PuBmed e você encontrará vários artigos sendo muitos deles com acesso gratuito.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s