Curso da Liga de Neurocirurgia da FMUSP

A Liga de Neurocirurgia da Faculdade de Medicina da USP abre seu XXI Curso Introdutório.

A LNC procura oferecer a todos os participantes uma oportunidade única de conhecer a neurocirurgia em um aspecto abrangente, implementando uma sólida base de conhecimento sobre essa belíssima especialidade médica em todos os alunos e público interessado.

Atividades da liga:
– Aulas teóricas dos principais temas da neurocirurgia toda segunda-feira, 18h30(obrigatória)
– Acompanhar 2 plantões por semestre com os residentes da Neurocirurgia(atividade obrigatória)
– Treinamento de técnica cirúrgica toda sexta e sábado no SVO, 8h da manhã(opcional)
– Grupo de pesquisa da liga com possibilidades de iniciação científica

O Curso será ministrado na Faculdade de Medicina da USP nos dias 07, 08, 09 e 10 de Maio com início as 19h.

*Nosso curso é aberto a todos que estejam interessados. Mas o ingresso é permitido apenas aos alunos que estejam no mínimo no 2º ano do curso de medicina.

**Inscrições serão feitas no Departamento Científico da Faculdade de Medicina da USP (Subsolo)
Acadêmicos USP: R$ 25,00
Acadêmicos não USP: R$ 30,00

Dúvidas entrem em contato pelo email: ligadeneurocirurgia@gmail.com

Fonte: DC/FMUSP

Anúncios

Curso gratuito e online: Saúde Bucal da gestante

Estão abertas as inscrições para o curso Saúde Bucal da Gestante para Profissionais e acadêmicos de  odontologia e técnicos de saúde bucal que atuam no sistema único de saúde (SUS) do Brasil e interessados no tema.

O curso é gratuito e a distância, fruto da parceria da Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UNA-SUS), Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Grupo Saite e a Faculdade de Odontologia (FO) da Universidade de São Paulo (USP).

As inscrições podem ser feitas até 10 de agosto. O treinamento inclui versões em inglês e espanhol e está disponível em quatro e-books na biblioteca virtual Saite Store, na área temática “Odontologia”. Para ter acesso, basta instalar o aplicativo no smartphone ou tablet.

São 45 horas de curso onde os professores abordarão a saúde bucal da gestante e farão
apresentação dos cuidados em saúde bucal da mulher, de acordo com a atenção básica oferecida pelo SUS.

O curso é dividido em duas unidades. Na primeira, os professores explicam como funciona a rede de atendimento SUS para os cuidados da gestante no pré-natal. Na segunda, a abordagem é específica para o tratamento odontológico. Os inscritos serão submetidos à avaliação on-line, e será aprovado o candidato que acertar 70% das questões. Pelo trabalho conjunto, a FOUSP oferece o conteúdo teórico, a UNA-SUS/UFMA, a tecnologia e inovação pedagógica e o Grupo Saite, o suporte de sistemas de rede.

Clique aqui para acesso a mais informações sobre as inscrições.

Fonte: Imprensa Oficial

FAPESP abre chamada de propostas para apoiar a realização de cursos de curta duração

A FAPESP e o British Council lançaram uma nova chamada de propostas para apoiar a realização de cursos de curta duração voltados ao desenvolvimento de habilidades em comunicação científica para pesquisadores.

A oportunidade, lançada no âmbito do programa Researcher Connect, tem apoio do Newton Fund e é oferecida a outros estados brasileiros pelas FAPs que aderiram à chamada de propostas, em articulação com o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap).

Os cursos terão duração de três dias, com módulos de oito horas por dia, serão ministrados em inglês e treinarão grupos de, no mínimo, 20 pesquisadores de qualquer disciplina ou área multidisciplinar.

A composição dos cursos será aberta e pode ser customizada por cada instituição. Há oito opções de módulos, sendo um deles obrigatório: “Know your audience” (módulo obrigatório), “Abstracts”, “Academic Collaboration”, “Academic Writing”, “Digital Researcher”, “Effective E-mails”, “Persuasive Proposals” e “Presenting with Impact”.

Os cursos deverão ocorrer entre 6 de agosto de 2018 e 15 de março de 2019. Propostas para a chamada serão recebidas até 3 de junho de 2018.

A FAPESP e as demais FAPs participantes disponibilizarão até R$ 12,5 mil por curso.
Orientações específicas para proponentes de instituições do Estado de São Paulo estão disponíveis em www.fapesp.br/11659.

Informações gerais sobre a submissão de propostas estão disponíveis em: www.fapesp.br/11658.

Fonte: SIBiUSP

Especialização em Pneumologia Sanitária

fiocruzA Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP) da Fundação Oswaldo Cruz
(Fiocruz) está com inscrições abertas para o CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PNEUMOLOGIA SANITÁRIA 2018, na modalidade presencial.

Com a oferta de 30 vagas (sendo 25 alunos brasileiros e 5 alunos estrangeiros), a especialização tem o objetivo de capacitar profissionais de saúde a analisar criticamente, planejar, promover ações, desenvolver vigilância epidemiológica e gerenciar programas de controle, no âmbito da tuberculose.

A inscrição estará disponível a partir de 21 de março. “O curso existe desde 1979 e possui longa tradição na capacitação de profissionais de saúde de todo país. Atuamos em parceria com as secretarias municipais e estaduais de saúde visando a mudança de paradigma em relação à tuberculose”, afirmou o coordenador Jesus Ramos.

O curso constitui-se de cinco Unidades de Aprendizagens (UA), que abordam as medidas de controle em pneumologia sanitária; a vigilância epidemiológica da doença; a administração e gestão de Programas de Controle da Tuberculose e a elaboração do trabalho científico.

Leia o edital completo aqui. http://www.siga.fiocruz.br/…/471_2018%20PS%20Edital%20de%20…

Fonte: Fiocruz

 

Curso gratuito em Saúde Bucal da Gestante

A Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UNA-SUS) e a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), juntamente com o Grupo Saite e a Faculdade de Odontologia (FO) da USP promovem o curso Saúde Bucal da Gestante.

As inscrições estão abertas a partir do dia 20 de março até 20 de julho.

Durante o programa, profissionais e acadêmicos da odontologia poderão aprender como articular ações para evitar que os mitos associados à gestação tenham impacto negativo na saúde bucal da gestante. Serão apresentadas, ainda, as dimensões que envolvem o cuidado em saúde bucal para a mulher, considerando questões relacionadas ao processo de trabalho na Atenção Básica enquanto ordenadora das Redes de Atenção à Saúde.

O curso Saúde Bucal da Gestante é totalmente gratuito e tem carga horária de 30 horas divididas em duas unidades, as aulas apresentam recursos educacionais dinâmicos e interativos, como livros multimídia, infográficos e casos clínicos.

As inscrições devem ser realizadas neste link. Os alunos inscritos terão até dia 29 de setembro de 2018 para conclusão do curso, com o certificado disponível em até dez dias úteis após o término das atividades.

 

Todo o conteúdo do curso encontra-se disponível em quatro e-books na biblioteca virtual Saite Store, na área temática “Odontologia”. Para ter acesso, basta instalar o aplicativo no smartphone ou tablet e baixar os e-books desejados.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Faculdade de Odontologia da USP

Curso Introdutório da Liga de Humanização

A Liga de Humanização – FMUSP  promove, de 3 a 5 de abril o III Curso Introdutório da Liga de Humanização.

As inscrições estão abertas no Departamento Científico da FMUSP.
O curso conta com aulas sobre empatia, realização de uma uma narrativa clínica, cuidados paliativos, parto humanizado, amamentação, artes na medicina, entre outros!
Fonte: DC/FMUSP

UNA-SUS oferece curso gratuito e online sobre a malária

Com 174.522 casos registrados de janeiro a novembro de 2017, a Malária ainda é um grande desafio enfrentado pela saúde coletiva brasileira. Atenta a este cenário, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), instituição integrante do Sistema Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS), lança o curso Malária na Atenção Básica à Saúde.
eventos

Com carga horária de 60h, a qualificação tem como objetivo ampliar o conhecimento dos profissionais de saúde de nível superior que atuam na atenção básica, em regiões endêmicas e não endêmicas para malária no Brasil, a fim de contribuir para a diminuição da morbimortalidade por meio de diagnóstico oportuno e tratamento adequado.

As inscrições podem ser realizadas até 30 de junho pelo link.

Segundo o secretário executivo da UNA-SUS, Manoel Barral Netto, com o aparecimento de casos em áreas não endêmicas, se faz necessário atualizar os profissionais de todo o país, especialmente aqueles que não estão habituados a pensar no diagnóstico da malária.

“É muito importante para o sistema de saúde que esses casos sejam identificados precocemente. Por esse motivo, o curso tem uma vertente muito prática para ajudar os profissionais dessas duas áreas a manejar os casos oferecendo o tratamento adequado e oportunamente”, destaca.

A consultora técnica do Programa Nacional de Controle da Malária (SVS/MS?), Sheila Rodovalho, acredita que o curso proporcionará os subsídios necessários para que a atenção básica se aproprie da assistência ao paciente com malária, quando este chegar a uma unidade de saúde ou procurar um serviço de saúde por apresentar sintomas da doença.

“Os profissionais de saúde devem ter em mente que febre pode ser malária. É preciso saber perguntar ao paciente se ele vem de uma área endêmica e suspeitar do agravo. Para isso, o curso apresenta vídeos e casos clínicos que orientam como o profissional de saúde pode abordar o paciente e qual a melhor forma de conduzi-lo ao diagnóstico e tratamento da doença”, explica.

Além de ser totalmente gratuito e 100% a distância, o curso também conta com recursos educacionais que envolvem modelagem 3D e animação gráfica, que auxiliam na assimilação das principais práticas e conceitos.

São 10.000 vagas disponíveis prioritariamente a profissionais de saúde de nível superior vinculados ao SUS. Apesar disso, demais interessados, de outras categorias profissionais, que se interessarem sobre o assunto, também podem acessar os conteúdos.

Após a inscrição, os alunos têm até 30 de julho para finalizar a qualificação, de acordo com sua conveniência e disponibilidade. Ao final dos estudos há uma avaliação online. A obtenção do certificado está condicionada ao acerto de pelo menos 60 % das questões do teste.

Fonte: SE/UNA-SUS, com informações da UNA-SUS UFMG