Plágio acadêmico e meios de evitá-los

Turnitin logoO Webinar “Protegendo a sua reputação e da instituição: a responsabilização do plágio acadêmico e meios de evitá-los” acontece no dia 19 de junho de 2019, das 15h às 16h.

Inscrições gratuitas aqui →

Durante o webinar, a professora Dra. Eduarda Ribeiro dos Santos irá abordar o plágio em trabalhos acadêmicos e suas consequências em decorrência da falta de originalidade e violação dos direitos autorais, além de falar da sua experiência com Turnitin e como a ferramenta pode auxiliar e proteger pesquisadores e orientadores.

Fonte: SIBiUSP

Divulgação científica: como transformar ciência em informação

Para inscrições, basta acessar o Sistema Apolo da USP no link: icmc.usp.br/e/106ea.
Estão disponíveis 100 vagas e as inscrições podem ser realizadas enquanto houver vagas ou até a próxima segunda-feira, 17 de junho.
Coordenado pelo professor Moacir Ponti, presidente da Comissão de Cultura e Extensão Universitário do ICMC, a oficina será ministrada pela jornalista Denise Casatti, analista de comunicação no ICMC e doutorando em psicologia na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). A atividade acontecerá no auditório Fernão Stella de Rodrigues Germano, no bloco 6 do ICMC. Por se tratar de um curso de extensão, haverá certificados a todos os inscritos.
Divulgação científica: ingredientes e modos de fazer 
Quando: 18 de junho, terça-feira, das 18h30 às 22h30
Onde: auditório Fernão Stella de Rodrigues Germano, no bloco 6 do ICMC
Como se inscrever: icmc.usp.br/e/106ea
Mais informações: ccex@icmc.usp.br ou (16) 3373.9146
Link para o evento no Facebook: w.facebook.com/events/383575682505502
Fonte: Assessoria de Comunicação do ICMC/USP

USP, Unesp e Unicamp participam de ranking europeu de universidades

O U-Multirank possibilita uma avaliação multidimensional das universidades

Prédio da Reitoria da USP, na Cidade Universitária – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

Pela primeira vez, as três universidades paulistas – USP, Unesp e Unicamp – participaram do U-Multirankranking elaborado por um consórcio europeu liderado pelo Centro de Estudos de Políticas de Educação Superior da Universidade de Twente (Holanda), pelo Centro de Educação Superior da Alemanha e pelo Centro de Estudos para Ciência e Tecnologia da Universidade de Leiden (Holanda).

Na sexta edição do ranking, divulgada no dia 4 de junho, foram avaliadas aproximadamente 1.700 universidades de 96 países.

“Diferentemente dos rankings tradicionais que classificam as instituições em posições, o U-Multirank publica um gráfico multidimensional da universidade e permite a identificação de seus pontos fortes e dos aspectos que precisam ser aprimorados. É como uma fotografia da instituição. Com isso, podemos avaliar seu desempenho ao longo do tempo e também compará-la com outras universidades, parecidas ou complementares, para estabelecer parcerias estratégicas”, explicou o coordenador do Escritório de Gestão de Indicadores de Desempenho Acadêmico (Egida), Aluisio Augusto Cotrim Segurado.

De acordo com Segurado, neste primeiro ano, a participação das três universidades ainda é experimental e restrita a alguns indicadores selecionados por elas, considerando, principalmente, o contexto das universidades estaduais paulistas e a confiabilidade de seus dados.

A adesão ao ranking foi realizada por meio de um convênio assinado pelas três universidades no âmbito do projeto de pesquisa Indicadores de Desempenho nas Universidades Estaduais Paulistas, liderado pelo ex-reitor da USP, Jacques Marcovitch, e apoiado pela Fapesp.

ranking também divulgou listas com as 25 melhores instituições em indicadores específicos. Nessas listas, a USP aparece como uma das instituições com maior número absoluto de publicações acadêmicas.

saiba mais…

Fonte: Jornal da USP

USP oferece curso gratuito de  Difusão “Vivendo com o inimigo: como os parasitas ameaçam a saúde humana”

O Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo promove o curso de  Difusão “Vivendo com o inimigo: como os parasitas ameaçam a saúde humana”.

Direcionado a Professores de biologia e coordenadores do ensino médio da rede pública (municipal e estadual).

O curso acontece de 15 de julho a 19 de julho de 2019.

Inscrições abertas até 23/06/2019 no link: https://uspdigital.usp.br/

O objetivo do curso é apresentar aos professores de Biologia e coordenadores do ensino médio da rede pública (municipal e estadual) os principais parasitas que ocasionam doenças no homem.

 

Terão prioridade professores de biologia do ensino médio ou coordenadores de ensino das redes públicas estadual e municipal.

O programa cobrirá os seguintes tópicos:

– Introdução à parasitologia
– Verminoses (ascaridíase, teníase, estrongiloidíase e esquistossomose)
– Artrópodes vetores
– Toxoplasmose
– Malária
– Doença de Chagas
– Leishmaniose

Serão ministradas mini-aulas teóricas sobre a biologia de parasitas, seu tratamento, controle e diagnóstico. Além disso, serão realizadas aulas práticas em laboratório, nas quais serão desenvolvidos protocolos para o preparo de lâminas e visualização de parasitas. Também serão apresentadas estratégias alternativas para o ensino da Biologia dos Parasitas, tais como vídeos, jogos e estudos de caso.

Para inscrições é necessário enviar e-mail para o endereço: sbboscardin@usp.br mencionando as razões de interesse pelo curso e escola e bairro em que lecionam.

Serão aprovados apenas os alunos que tiverem pelo menos 90% de frequência.

Fonte: USP

 

Quando o inglês não é sua língua materna

Um monte de pedaços de madeiraTer uma língua dominante pode racionalizar o processo da ciência, mas também cria barreiras adicionais e um potencial de conflito.

A Nature pediu a sete pesquisadores com experiência pessoal ou profissional em barreiras linguísticas que compartilhassem seus insights.

Confira em https://lnkd.in/dNH5kXz

Fonte: Springer Nature

FMUSP está com inscrições abertas para 3 vagas de pós-doutorado

O Grupo de Pesquisa em Fisiologia Aplicada & Nutrição da FMUSP oferece 3 vagas de pós-doutorado para atuar em projeto de pesquisa que tem como objetivo investigar o papel da redução do comportamento sedentário em doenças crônicas.

As inscrições estão abertas até 15 de julho.

Espera-se do candidato conhecimento profundo em fisiologia do exercício clínica, com experiência em ensaios clínicos e técnicas laboratoriais amplas.

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros.

O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Mais informações: http://www.fapesp.br/

Inscrições por e-mail: gualano@usp.br

Fonte: FMUSP

Seminário Latino-americano sobre Ambiente Alimentar e Saúde

ENSP, Uerj e UFRJ organizam seminário sobre ambiente alimentar e saúde

A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), em parceria com os Institutos de Nutrição da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), está organizando o II Seminário Latino-americano sobre Ambiente Alimentar e Saúde.
O evento é ligado à rede latinoamericana de saúde urbana e acontecerá nos dias 12 e 13 de junho, na Uerj.
Os interessados devem se inscrever para participar.

O objetivo do seminário é reunir estudantes, pesquisadores e profissionais interessados no tema. O evento contará com palestrantes nacionais e internacionais que vão atualizar o debate sobre as diferentes dimensões do ambiente alimentar sobre a saúde.

Acesse a página do evento no Facebook e saiba mais. Acesse aqui a programação completa.

Fonte: ENSP