E-books da Editora Wiley

tabletO acesso aos eBooks da Editora Wiley continua aberto a toda comunidade da USP.

Mais de 20 mil e-Books da Wiley estão disponíveis nas bibliotecas, salas de aula, laboratórios e até em lanchonetes da USP até abril de 2018. Basta estar em qualquer um dos campi da USP e utilizar uma rede autorizada da Universidade.

Acesse pelo endereço: http://onlinelibrary.wiley.com/

A coleção de e-books da USP totaliza cerca de 400 mil livros eletrônicos (e-books), um acervo eletrônico que é atualizado constantemente. Confira a coleção de eBooks em: http://www.sibi.usp.br/ebooks/, que contempla todas as áreas de conhecimento.

Os eBooks podem ser acessados e lidos em texto completo por todos os usuários USP (docentes, estudantes e funcionários). A coleção da USP contém e-books assinados pela própria USP, e-books com acesso gratuito e e-books do Portal da CAPES.

Acesse aqui a lista com mais de 3.900 títulos da área de Ciências da Saúde.

Fonte: SIBi/USP

Anúncios

FMUSP oferece bolsa Fapesp em reumatologia e genética

A disciplina de Reumatologia da Faculdade de Medicina da USP oferece duas bolsas de pós-doutorado (médico, farmacêutico, biólogo, biomédico ou áreas afins), com dedicação exclusiva de 40 horas semanais, com duração de 24 meses, custeadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP, processo nº: 2016/00006-7, vigência: 01/08/2017 a 31/07/2022).
O projeto, intitulado “Avaliação de Parâmetros do Metabolismo Ósseo por HR-pQCT e Histomorfometria em Pacientes com Artrite Reumatoide e Artrite Idiopática Juvenil: Associação com Variáveis Clínicas e Genéticas”, tem como coordenadora e pesquisadora responsável a Professora Titular Rosa Maria Rodrigues Pereira e professor colaborador Dr. Alexandre Costa Pereira (Instituto do Coração do HCFMUSP).
A primeira vaga é na área de genética, com ênfase para análise de transcriptoma e bioinformática. Os candidatos deverão ter conhecimento técnico na extração de RNA, análise de transcriptoma e processamento de dados utilizando-se softwares específicos. Exige-se o título de doutor para brasileiros ou título equivalente para estrangeiros.
A segunda vaga é na área de metabolismo ósseo e avaliação de erosões ósseas em doenças reumatológicas (artrite reumatoide) por HR-pQCT (Tomografia Computadorizada Quantitativa Periférica de Alta Resolução). Os candidatos deverão ter conhecimento e experiência na aquisição e análise de imagens obtidas por esta metodologia na região de metacarpofalangeanas. Exige-se o título de doutor ou título equivalente para estrangeiros
Os requisitos do candidato e benefícios da bolsa de pesquisa de pós-doutorado podem ser verificados no link: fapesp.br/bolsas/pd
Os candidatos deverão entrar em contato com Profª Drª Rosa Maria Rodrigues Pereira, através do e-mail reumatologia.fmusp@hc.fm.usp.br, manifestando interesse de participar do processo seletivo com a seguinte documentação, até 16 de novembro de 2017:
a) Curriculum Vitae e lattes atualizados.
b) Uma carta de apresentação e explicando as razões do interesse no projeto.
c) Duas cartas de recomendação.
Fonte: FMUSP

Prêmio Nobel de Medicina de 2017

Jeffrey C. Hall, Michael Rosbash, e Michael W. Young, conseguiram “estudar o relógio biológico e elucidar o funcionamento interno dele.
As descobertas deles explicam como as plantas, os animais e os humanos adaptam o próprio ritmo biológico para sincronizá-lo com as revoluções da Terra”, afirmou a Nobel Assembly no Karolinksa Institutet, em Estocolmo (Suécia) em uma declaração à imprensa.

Trabalhando com moscas da fruta, os laureados pelo Nobel isolaram o gene period, que controla o ritmo biológico diário normal. Eles demonstraram que esse gene codifica uma proteína chamada PER, que se acumula na célula durante a noite e se degrada durante o dia.

 “Assim, os níveis de proteína PER oscilam ao longo de um ciclo de 24 horas, em sincronia com o ritmo circadiano”, explica a organização.

Posteriormente os cientistas identificaram componentes proteicos adicionais deste mecanismo, expondo o mecanismo que governa o relógio autossustentável dentro da célula. “Nós agora reconhecemos que os relógios biológicos funcionam pelos mesmos princípios em células de outros organismos multicelulares, inclusive humanos”, disse a organização.

“Com extrema precisão, o relógio interno adapta a fisiologia para fases dramaticamente diferentes do dia. O relógio regula funções críticas como comportamento, níveis de hormônio, sono, temperatura corporal e metabolismo”, observam eles.

“As descobertas realizadas pelos laureados, que mudaram paradigmas, estabeleceram princípios mecanicistas para o relógio biológico”, afirmou a organização do Nobel.

“Desde as descobertas seminais pelos três laureados, a biologia circadiana se desenvolveu em um campo de pesquisa dinâmico, com implicações para a saúde e o bem-estar”.

O Dr. Hall concluiu seu doutorado em 1971 na Universidade de Washington, em Seattle, e foi fellow de pós-doutorado no California Institute of Technology,em Pasadena, de 1971 a 1973. Ingressou no corpo docente da Brandeis University, em Waltham, Massachusetts, em 1974. Em 2002, ele se associou à University of Maine.

O Dr. Rosbash concluiu seu doutorado em 1970 no Massachusetts Institute of Technology,em Cambridge. Durante os TREs anos seguintes, ele foi fellow de pós-doutorado na University of Edinburgh, na Escócia. Desde 1974, ele pertence ao corpo docente na Brandeis University, em Waltham, Massachusetts.

O Dr. Young concluiu seu doutorado na University of Texas, em Austin, em 1975. Entre 1975 e 1977, foi fellow de pós-doutorado na Stanford University, em Palo Alto. Desde 1978 ele pertence ao corpo docente na Rockefeller University, em Nova York.

Inrad promove Campanha de prevenção

biblioteca_910_anatomia_saudeNesta semana, pacientes e acompanhantes do Instituto de Radiologia do Hospital das Clínicas da FMUSP estão recebendo orientações sobre prevenção, fatores de risco, sintomas e tratamento do câncer de mama.

A equipe multidisciplinar também distribuiu broches com o símbolo do Outubro Rosa para lembrar a importância do diagnóstico precoce. Além disso, os colaboradores do InRad participaram de palestra de conscientização e também puderam tirar suas dúvidas sobre a doença.

Fonte: HC/FMUSP

HumanaMente discute Alzheimer, transtornos de conduta, TOC e fibromialgia

O programa HuanaMente, encontro aberto e gratuito, parceria do Instituto de Psiquiatria do HC/FMUSP e a Rádio Band News FM, acontece no dia 07/11/2017, das 8h às 11h.

Um dos temas, Transtornos de conduta, será apresentado pelo psiquiatra Mauro Medeiros, da psiquiatria da infância e adolescência do IPq.

A entrada é gratuita e não é necessário realizar inscrição.

Será fornecido comprovante de participação. Confira a programação preliminar:

Programação – 07/11/2017 

 8h00 –  Prevenção do Alzheimer e outras demências – o que há de                novo/perspectivas – Prof. Dr. Orestes Forlenza

 8h30 –  Transtorno de conduta – Dr. Mauro Victor de M. Filho

 9h00 –  Drogas sintéticas – aguardando confirmação de palestrante

 9h30 – Procedimentos e recursos atuais para o tratamento do TOC – aguardando confirmação de palestrante

10h00 – Fibromialgia – aguardando confirmação de palestrante

Local:
Anfiteatro do IPq
Rua Dr. Ovídio Pires de Campos, 785 (próximo ao Metrô Clínicas)
São Paulo, SP

Fonte: IPq/HC/FMUSP

Treinamento online Turnitin

Nos dias 25 de outubro e 29 de novembro serão realizadas sessões de formação para Turnitin Feedback Studio.

As inscrições devem ser feitas a partir do link: http://go.turnitin.com/pt/formacao-online
No treinamento será mostrado como utilizar Turnitin Feedback Studio no perfil de professor.

A duração da sessão será de uma hora, entre às 10 e 11 horas do horário de Brasília.

Serão abordados os tópicos a seguir:

1. Como criar uma aula;
2. Como adicionar estudantes a uma aula;
3. Como criar e configurar trabalhos;
4. Como entregar documentos em nome do aluno;
5. Turnitin Feedback Studio (1): rever um relatório de originalidade;
6. Turnitin Feedback Studio (2): feedback e avaliação;
7. Perguntas e respostas.

Fonte: Turnitin

USP mantém liderança entre latino-americanas no NTU ranking

RankingNa 56ª posição, a mesma do ano passado, a USP segue como a universidade latino-americana mais bem classificada no Performance Ranking of Scientific Papers for World Universities 2017 (também conhecido como NTU Ranking), divulgado hoje, dia 10 de outubro, pela National Taiwan University. A primeira colocada foi a Universidade de Harvard, seguida pela Universidade Johns Hopkins e pela Universidade de Stanford.

Outras cinco universidades brasileiras foram classificadas no ranking geral: a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), classificada em 316º lugar; a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em 319º; a Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), em 326º; a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em 399º; e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em 463º.

O ranking avalia e classifica a produção científica de 800 universidades no mundo todo, tendo como base três importantes critérios: produtividade (que representa até 25% da pontuação), impacto (35%) e excelência da pesquisa (40%). O sistema de classificação foi desenvolvido para avaliar o desempenho acadêmico de universidades e dimensionar suas conquistas no que tange à produção científica, comparando a qualidade e a quantidade das pesquisas produzidas. A seleção das universidades é feita a partir da base de dados do Essential Science Indicators (ESI).

saiba mais…

Fonte: Jornal da USP