Seminário “Scopus: Critérios para Indexação de Revistas”

Sistema Integrado de Bibliotecas da USP e a Elsevier promovem, dia 26 de setembro de 2017, das 14h às 16h, o Seminário “Scopus: Critérios para Indexação de Revistas”. 

Ser indexado na Base de Dados Scopus é uma conquista importante para revistas em todo o mundo e alcançar esse sucesso traz consigo não apenas uma medida de satisfação, mas também a demonstração da qualidade da revista para outros membros da comunidade científica. Exige que os editores das revistas estejam atentos a certos critérios tais como: revisão por pares, diversidade na distribuição geográfica dos editores, diversidade na distribuição geográfica dos autores, qualidade de conteúdo, contribuição acadêmica para o campo de conhecimento, qualidade e conformidade com objetivos e escopo declarados, citações dos artigos, regularidade de publicação, disponibilidade online, entre outras características.

O Seminário é aberto e gratuito a todos os editores, assistentes e demais interessados em revistas científicas.

Para inscrição clique no link: https://www.doity.com.br/

Local:
Auditório IEA – Antiga Sala do CO – 05508-050, Rua da Praça do Relógio, 109 – Térreo – Bloco L, Butantã, São Paulo, São Paulo

Fonte: SIBiUSP

Anúncios

SIBiUSP está com nova Base para teste

O Sistema Integrado de Bibliotecas está com trial aberto até 21 de setembro de 2017 da Base BSI ISO ASTM IEC.
Conheça o conteúdo dessa Base e aproveite para visualizar Normas ISO e ASTM na íntegra nas diversas áreas de conhecimento.
Normas em destaque:
ISO 9001 – Gestão da Qualidade;
ISO 14001 – Gestão Ambiental;
OHSAS 18001 – Saúde e Segurança Ocupacional;
ISO/IEC 27001 – Segurança da Informação;
ISO 22301 – Continuidade dos Negócios,
PBQP-H – Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat;
ISO 13485 – Dispositivos Médicos,
ISO 50001 – Gestão de Energia.
Especializada em normas para diversas áreas de conhecimento, a British Standards Institution (BSI) está presente em 172 países e ocupa posição de liderança global no auxílio ao aprimoramento das organizações.
Link para acesso: bsol.bsigroup.com
Nenhum texto alternativo automático disponível.
Fonte: SIBi/USP

Como escolher a melhor revista para publicar seu artigo

O Sistema Integrado de Bibliotecas da USP, a Biblioteca “Cyro de Andrade” da Escola de Educação Física e Esporte e a Thomson Reuters/Clarivate Analytics, promovem, dia 26 de junho de 2017, o Workshop de Publicação Científica “Como escolher a melhor revista para publicar seu artigo”.

Escolher a melhor revista científica para publicar seu artigo requer uma série de estratégias que podem incluir critérios como escopo, corpo editorial, periodicidade e alcance. Para além desses elementos básicos, indicadores e métricas podem ser adicionados para estabelecer o fator de impacto, meia-vida, índice de imediaticidade, etc. Tais informações podem ser obtidas em índices internacionais multidisciplinares de citações como o Journal Citation Reports.

O público alvo são os docentes, bibliotecários, pós-doutorandos, alunos de pós-graduação e pesquisadores.

As inscrições podem ser feitas pelo link: https://www.doity.com.br/escolher-revista-jcr-2017

== Programação ==

– Contexto geral da publicação científica na atualidade
– Ranking internacional de revistas científicas: Journal Citation Report (JCR) e seus indicadores
– Fator de Impacto: o que é e para que serve
– Outras métricas de avaliação de revistas
– Como selecionar a melhor revista para seu artigo
– Exemplos e casos práticos das áreas de Biológicas, Exatas e Humanas

Instrutora: Deborah Dias – (Clarivate Analytics/Thomson Reuters)
Organização e Promoção: Departamento Técnico do SIBiUSP e Biblioteca “Cyro de Andrade” da EEFE/USP

Local:
Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) – Auditório
Avenida Professor Mello de Morais, 65, Butantã
05508-030 – São Paulo – SP

Fonte: SIBiUSP

 

Livros eletrônicos na íntegra para a comunidade USP

Desde o início de maio de 2017, o Sistema Integrado de Bibliotecas (SIBi) da USP disponibilizou na íntegra de mais de 19 mil livros eletrônicos da Editora Wiley para todos os professores, estudantes e funcionários da Universidade.

O pacote de e-books estará disponível até 24/04/2018.

O acesso é autorizado a partir do reconhecimento do IP da Universidade, ou seja, o número que identifica de onde vem o acesso de um determinado computador.

Além dos e-books, foram adquiridas três obras de referência em acesso perpétuo:  

  Comprehensive Physiology
eLS – Encyclopedia of Life Sciences

Ullmann’s Encyclopedia of Industrial Chemistry

Fonte: DBD/FMUSP

Workshop sobre Sistema de Informação de Pesquisa Corrente

O SIBiUSP e a Elsevier convidam para o Workshop sobre Sistema de Informação de Pesquisa Corrente (Current Research Information System – CRIS) que tem como objetivo apresentar as principais vantagens de uso dessa ferramenta para a gestão das atividades de pesquisa e integração de dados, será realizado no dia 3 de maio de 2017, das 9h às 12h, na Antiga Sala do Conselho Universitário da USP.

Um sistema de informação de pesquisa corrente (CRIS) é um banco de dados ou sistema de informação criado para armazenar e gerenciar de maneira integrada dados e informações sobre pesquisas conduzidas em uma instituição. Um sistema CRIS agrega informações de pesquisa de inúmeras fontes internas e externas tais como bases de dados, repositórios institucionais, repositórios de dados, catálogos e bibliotecas digitais. A partir dessas informações, possibilita realizar análises baseadas em dados e evidências, subsidiando decisões estratégicas confiáveis, abrangentes e acessíveis em tempo real. Permite também que sejam gerados relatórios, avaliações de desempenho, gerenciamento de perfis de pesquisadores, descoberta de redes de colaboração em pesquisa, etc.

Um sistema de informação de pesquisa corrente (CRIS) pode reduzir a carga administrativa para pesquisadores, docentes e funcionários envolvidos com as atividades de pesquisa e produção científica.

  • Para os pesquisadores: acesso fácil a informações relevantes e software associado, potência do processador, sistemas de armazenamento.
  • Para gerentes de pesquisa e gestores: fácil medição e análise da atividade de pesquisa e fácil acesso a informações comparativas.
  • Para comissões de pesquisa: otimização do processo de financiamento.
  • Para empresários e organizações de transferência de tecnologia: fácil recuperação de idéias e tecnologias inovadoras em um ambiente assistido e fácil identificação de concorrentes e pesquisas previamente realizadas.
  • Para a mídia e para o público: fácil acesso à informação, software e poder computacional para permitir a apresentação dos resultados de pesquisa em contextos apropriados.

Entre os exemplos de soluções comerciais e universitárias CRIS, incluindo o tratamento de contratos, projetos, publicações, planos de estudo e patentes disponíveis estão o Pure (Elsevier), Converis (Thomson Reuters/Clarivate), DSpace-CRIS.

Cada vez mais as Universidades e outras instituições ligadas à pesquisa e à ciência têm adotado plataformas CRIS para otimizar suas atividades. Nesse sentido, é essencial que pesquisadores, gestores, profissionais de informação e funcionários de apoio à pesquisa conheçam tais sistemas.

CRIS (Current Research Information System) Workshop – Sistema de Informação de Pesquisa Corrente
Data: 03 de maio de 2017
Horário: 9h – 12h
Local: Auditório do IEA/USP (Antiga Sala do CO)
Prédio da Administração Central
Rua Praça do Relógio, 109 – Térreo – Bloco L
05508-050 – Cidade Universitária – Butantã – São Paulo – SP
Público-alvo: bibliotecários, docentes, estudantes de pós-graduação e graduação.
Ministrante:  Sr. Alex Uchoa (Elsevier)
Inscrições: https://www.doity.com.br/cris-workshop-2017

Fonte: SIBiUSP

SIBi e Núcleo de Divulgação Científica firmam parceria

Ciência USP é o site do Núcleo de Divulgação Científica da Universidade de São Paulo, onde são publicados vídeos, notícias, reportagens, podcasts e programas de rádio sobre o conhecimento científico produzido na Universidade.

Desde 20 de março de 2017, o SIBiUSP estabeleceu uma parceria com o Núcleo de Divulgação Científica da USP, visando aumentar a visibilidade e impacto científico e social das atividades de pesquisa e produção científica e acadêmica gerada pela Universidade.

Agora, toda vez que um novo fascículo de uma Revista da USP for publicado, uma notificação será encaminhada à equipe do Núcleo. Além disso, mensalmente serão encaminhadas informações sobre publicações de autores USP em revistas de destaque (Top 10%), bem como outros levantamentos em áreas específicas de pesquisa, a partir de análises realizadas nas bases de dados InCites (Clarivate Analytics/Thomson Reuters) e SciVal (Elsevier).

Acesse: http://ciencia.usp.br/

Fonte: SIBiUSP

Pesquisadores da USP têm acesso a ferramentas anti-plágio

Serviços online permitem análise de similaridade de textos e fortalecem integridade acadêmica

Todo ano, a USP concede mais de 5 mil títulos de mestrado e doutorado – um dos números que tornam sua pós-graduação a maior do mundo. A preocupação com a integridade dessa produção acadêmica, que inclui não apenas teses e dissertações, mas também artigos científicos em revistas nacionais e internacionais, é o que motivou a aquisição de ferramentas para identificar e combater o plágio na Universidade.

A principal delas é a OriginalityCheck (Turnitin). O programa gera um relatório que aponta o percentual de similaridade de determinado texto em relação a uma extensa base de dados, formada por mais de 143 milhões de artigos acadêmicos, 55 bilhões de sites armazenados e 300 milhões de trabalhos de alunos. “Mas quem identifica o plágio é o professor. O software é uma ferramenta de apoio, que torna esse processo mais ágil e valoriza o tempo do docente”, ressalta André Serradas, do Departamento Técnico do Sistema Integrado de Bibliotecas (SIBi) da USP.

Foi o SIBi, em parceria com a Pró-Reitoria de Pós-Graduação, quem deu andamento à iniciativa, que começou a ser planejada em meados de 2016. O serviço já está disponível a todos os professores credenciados na pós-graduação da USP, que também podem acessar o tutorial sobre seu uso. “Além disso, também vamos organizar algumas oficinas nos campi da Universidade para divulgar o sistema e esclarecer dúvidas”, afirma o pró-reitor de Pós-graduação, Carlos Gilberto Carlotti Jr.

saiba mais…

Fonte: Jornal da USP