Milhares de cientistas publicam um artigo a cada cinco dias

Para destacar as normas incertas na autoria, John P. A. Ioannidis, Richard Klavans e Kevin W. Boyack identificaram os cientistas mais prolíficos dos últimos anos. Esta matéria baseia-se nesse estudo intitulado: Thousands of scientists publish a paper every five days [1] e na matéria ‘Hyperprolific’ academics ‘don’t meet author criteria’ [2].

O estudo desenvolvido por John P. A. Ioannidis, Richard Klavans e Kevin W. Boyack sobre os autores científicos mais prolíficos do mundo sugere que muitos dos que alcançam um número “implausível” de artigos a cada ano provavelmente têm um envolvimento limitado e não atendem aos critérios tradicionais de autoria.

A pesquisa foi realizada na Base de Dados Scopus da Elsevier pelos três pesquisadores, a partir do seguinte parâmetro: autores que publicaram mais de 72 artigos (o equivalente a um artigo a cada 5 dias) em qualquer ano entre 2000 e 2016. Foram identificados mais de 9.000 indivíduos, autores de “artigos completos” – artigos, artigos de conferências, comentários e resenhas substantivas – não editoriais, cartas ao editor e afins. Isso equivale a publicar um artigo a cada cinco dias – “um número que muitos considerariam implausivelmente prolífico”, afirmam os autores que enfatizam que não havia “nenhuma evidência” para sugerir que tais autores estavam agindo de forma fraudulenta. De qualquer modo, o número de autores hiperprolíficos vem aumentando ano a ano. O número de autores hiperprolíficos cresceu cerca de 20 vezes entre 2001 e 2014 e segue em crescimento, ainda que tenha estabilizado: em 2016 o número total de autores aumentou em 2,5 vezes.

saiba mais…

Fonte: SIBiUSP

Anúncios

SIBiUSP promove evento: Aspectos Inovadores para a Pesquisa Científica

EBSCODay USP – Aspectos Inovadores para a Pesquisa Científica

Evento gratuito organizado pela EBSCO Brasil em parceria com o Sistema de Bibliotecas da USP e os editores SAGE PUBLICATIONS, AIP – AMERICAN INSTITUTE OF PHYSICS, CAMBRIDGE UNIVERSITY PRESS, OXFORD UNIVERSITY PRESS e TAYLOR & FRANCIS para promover conteúdo científico à comunidade acadêmica. O evento abordará temas relacionados às novidades dos editores, como plataformas, ferramentas de pesquisa, coleções, e-books e o processo de publicação em suas revistas.

Confira a programação:
• Taylor & Francis
Inteligência Artificial, Big Data e Machine Learning a Serviço dos Pesquisadores, Serviços de Publicação e Coleções Digitais
• AIP-American Institute of Physics
Desenvolvimentos Futuros e um Olhar na Publicação
• Oxford University Press
Conteúdo e Publicações em Periódicos: Sistema Ecológico de Qualidade e Bolsas de Estudos
• SAGE
Sage Research Methods e as Etapas do Projeto de Pesquisa
• Cambridge University Press
Cambridge Core: Principais Recursos e Benefícios para Bibliotecários

No período da tarde os editores estarão disponíveis para atendimento individual sobre dúvidas e orientações a respeito de publicações científicas.

Faça já a sua inscrição!

*Evento gratuito sujeito à disponibilidade de vagas

DATA E HORA
ter 25 de setembro de 2018
08:30 – 12:30 Horário Padrão de Brasília Horário Brasil (São Paulo)

LOCALIZAÇÃO
Salão Nobre do Instituto de Geociências da USP
Rua do Lago, 562
Cidade Universitária
Butantã, São Paulo 05508080

Fonte: SIBiUSP

 

Análise da Produção científica da USP

Produção científica dos pesquisadores da Universidade de São Paulo segue com leve evolução positiva no período de 2013 a 2018, com destaque para as áreas de Medicina (20,8%), Agricultura e Ciências Biológicas (10 %), Bioquímica, Genética e Biologia Molecular (9%), Física e Astronomia (6,3%), Engenharia (6,2%) e Outros (13,2%).

Foram 76.403 artigos, trabalhos e outros materiais publicados no período (2013-2018), que foram citados 437.856 vezes, e que se encontram indexados na Base de Dados Scopus. O índice Field-Weighted Citation Impact (FWCI), considerando a média mundial de citações, está um pouco acima da média mundial 1, registrando 1,07. 

Em termos comparativos, a USP tem um histórico de produção abaixo de Harvard University, mas superior ao Massachusetts Institute of Technology (MIT). Estas e outras análises de desempenho das Universidades podem ser feitas pela Plataforma SciVal/Scopus, disponível na USP em todas as estações de trabalho e Bibliotecas da Universidade. 

Saiba mais consultando a equipe da Biblioteca ou envie mensagem ao Departamento Técnico do SIBiUSP: atendimento@sibi.usp.br

Fonte: SIBiUSP

Acesso à Base de Dados UpToDate

uptodateO Sistema Integrado de Bibliotecas – SIBiUSP informa que o acesso à Base de Dados UpToDate foi restabelecido.

A Base está disponível a partir dos computadores do Sistema FMUSP-HC.

Acesse: https://www.uptodate.com/contents/search

Fonte: Biblioteca Central FMUSP

 

Pesquisadores da USP tem acesso ao SciVal

Os pesquisadores da Universidade de São Paulo tem a disposição a Plataforma de Métricas e Indicadores Científicos SciVal (Elsevier).

A ferramenta permite a análise do desempenho do pesquisador e impacto de pesquisa, comparação com outros pesquisadores, tendências de cada área e potenciais colaboradores.

Para acesso é necessário registrar-se na plataforma https://www.scival.com.

O acesso é possível em todos os computadores da Universidade e por VPN.

Observar que os resultados variam de acordo com a área de conhecimento do pesquisador. Válido apenas para publicações indexadas na Base Scopus/Scival.

Fonte: SIBiUSP

Workshop gratuito de Publicação Científica

Como aumentar as chances de publicar seu artigo e ser altamente citado? De início é necessário conhecer bem o processo de estruturação, formatação e publicação dos artigos. Os aspectos éticos também são importantes, para evitar casos de retratação e má conduta científica, assim como escolher a melhor revista para publicar os resultados da sua pesquisa.

SIBiUSP em parceria com a American Journal Experts – AJE (empresa especializada em ajudar pesquisadores a eliminar as barreiras linguísticas e ter seu trabalho publicado nas revistas de mais alto impacto) traz para a comunidade científica de São Paulo – SP o Workshop de Publicação Científica – AJE-USP – 10 de Maio de 2018 – 9h – 16h no Auditório Safra da FEA/USP.

Inscrições: https://www.doity.com.br/aje-usp-10maio2018

Público-alvo: docentes, pós-doutorandos, doutorandos e mestrandos de universidades, institutos e centros.

Objetivo: O objetivo do Workshop de Publicação Científica – AJE na USP é apresentar aos participantes informações que tornem o processo de produção do artigo científico, assim como a submissão do mesmo, mais rápido, eficiente e eficaz.

== PROGRAMAÇÃO ==

9h00 – 9h30 | RECEPÇÃO
Registro dos participantes

9h30 – 9h40 | ABERTURA
Dra. Maria Crestana – Chefe Técnica do SIBiUSP (a confirmar)
Paul Klenk – Principal Financial Analyst Research Square / AJE

9h40 – 10h00 | AJE 2018 Scholarly Publishing Landscape
Esta sessão será uma introdução às demais sessões do workshop. Inicia com um Panorama de Publicações Científicas, passado, presente e futuro. Destaca a comunicação científica e como o Inglês se transformou no idioma da pesquisa.

10h00 – 12h00 | Writing a Better Manuscript
a) Tips for Publication Success
b) Scientific Figures
c) Conventions of Scholarly Publishing
d) AJE Author Resource Center

Nesta sessão serão dadas dicas sobre estrutura, redação, edição e formatação de elementos do artigo científico, com destaque para a introdução, materiais e métodos, bem como a apresentação de resultados por meio de figuras e tabelas. O Centro de Recursos para Autores da AJE também provê diversas informações para os autores.

12h00 – 13h30 | ALMOÇO

13h30 – 14h00 | Ethics in Research Publication

Nesta sessão serão apresentadas orientações sobre a importância do respeito aos princípios éticos e os cuidados que os autores devem ter para evitar casos de retratação e má conduta científica..

14h00 – 15h00 | Choosing the Best Journal to your Research
a) How to avoid predatory journals
b) Journal scope and impact factor
c) How well your paper adheres to the journal guidelines

Esta sessão será dedicada à apresentação de critérios para a escolha da melhor revista para publicar seu artigo e dicas para evitar revistas predatórias.

15h00 – 15h30 | Encerramento, perguntas e observações finais

O evento é gratuito e aberto a todos os interessados. [As apresentações serão em inglês e não haverá tradução simultânea]

Palestrante: Paul Klenk – Square Research – AJE
O Dr. Paul Klenk trabalha como Principal Analista de Finanças na American Journal Experts (uma parte da Research Square) para ajudar os pesquisadores a comunicar seu trabalho. Foi Pesquisador Científico do Programa de Educação em Ciência Informal financiado pelo NSF, obteve seu BSE em Engenharia Mecânica e seu PhD em Ciência de Materiais na Duke University e, mais recentemente, um MBA da Fuqua School of Business. Tem extensa experiência em educação científica informal de ensino fundamental, médio, e no nível de graduação da Duke. Sua pesquisa cobre uma ampla gama de tópicos, incluindo energia e meio ambiente, ensino de engenharia K-12 e o uso de raios X de baixa energia em dispositivos de tratamento de câncer. O Dr. Klenk também trabalhou na Sigma Xi: Sociedade de Pesquisa Científica no Research Triangle Park e no Instituto Max Planck de Microestrutura Física em Halle, Alemanha.

Fonte: SIBiUSP

Ferramenta de referência clínica baseada em evidências disponível na USP

Nenhum texto alternativo automático disponível.A USP disponibiliza Trial da ferramenta de evidências médicas DynaMed Plus.

DynaMed Plus é uma ferramenta de referência clínica baseada em evidências que viabiliza o acesso às últimas informações sobre diagnóstico e tratamento das condições de saúde.

Fundamental para a melhoraria dos resultados de atendimento aos pacientes (Point of Care), o conteúdo da DynaMed Plus é atualizado à medida que novas publicações clínicas relevantes ou recomendações baseadas em diretrizes médicas são publicadas. Facilita também as atividades de vigilância em saúde.

Para que um recurso de referência clínica seja verdadeiramente baseado em evidências, as conclusões devem basear-se nas melhores evidências disponíveis. Isso significa que a evidência deve ser consistente e sistematicamente identificada, selecionada, avaliada, resumida e sintetizada, bem como atualizada continuamente e diariamente. O processo editorial da ferramenta DynaMed Plus garante que o conteúdo seja sempre baseado em evidências e não apenas na opinião do autor. Cobre mais de 500 revistas científicas especializadas, sumários clínicos, imagens, gráficos, calculadoras, guidelines e manuais de conduta.

Seu conteúdo abrange todas as especialidades médicas e abrange casos e evidências globais, pois seu conteúdo não enfatiza a regionalização. Esses conteúdos são revisados e referendados por profissionais relacionados à prática clínica e acadêmica, mas a decisão é do médico, que apoia sua decisão nos níveis de evidência apresentados: níveis 1, 2 ou 3. A ferramenta também integra-se à Base de Medicamentos Micromedex, disponível pelo Portal de Periódicos da Capes. Permite também a integração com os Prontuários eletrônicos dos pacientes, sua história clínica e tópico de especialidade.

Além de atender aos médicos e residentes, a DynaMed Plus fornece aos educadores um recurso que apoia os objetivos da educação em saúde, encoraja os estudantes a acessar a pesquisa original e fornece orientações sobre opções de diagnóstico e tratamento, preservando e apoiando as oportunidades de aprendizado essenciais que os educadores desejam fornecer.

O acesso à DynaMed Plus é contínuo, permitindo a obtenção de informações quando e onde for necessário, de dispositivos locais, remotos e móveis de modo responsivo. Crie sua conta e usufrua dos benefícios de acesso à DynaMed Plus em seu local de trabalho, consultório ou residência: http://bit.ly/DynaMedPlusUSP

Mais informações sobre a ferramenta:
http://www.dynamed.com/home/content

Saiba mais:

1. Tutorial em ppt: https://help.ebsco.com/…/files/2770/pt_dynamed_plus_tutoria…
2. Vídeo no YouTube: https://youtu.be/g1kGw0u8X7Y
3. Treinamentos online: https://goo.gl/YNzxyw
4. Treinamento gravado: https://goo.gl/dd1Y6p