Acesso online e gratuito a mais de 2.000 títulos da área médica – disponíveis para a comunidade USP

Alunos, docentes e toda a comunidade USP tem acesso online a mais de 19.000 títulos de livros da Editora Wiley.

O acesso pode ser realizado nos computadores da Universidade ou por VPN, pelo link: www.wileyonlinelibrary.com

A área de Ciências da Saúde tem mais de 2.000 títulos disponíveis. Abaixo estão os links dos arquivos com os livros e seus respectivos links:

Área de Cardiologia – Anatomia, Cardiologia, Ciências da Vida, Cirurgia, Medicina Baseada em Evidências, Medicina Respiratória

Área de Cirurgia – Anatomia, Anestesiologia, Ciências da Vida, Cirurgia, Medicina Baseada em Evidências

Área de Clínica Médica – Anatomia, Celular/molecular, Ciências da Vida, Emergência médica, Endocrinologia, Farmacologia/Farmácia, Geriatria, Hematologia, Medicina Baseada em Evidências, Medicina básica, Medicina Geral Introdutória, Medicina interna, Nefrologia, Nutrição/dietética, Reumatologia

Área de Dermatologia – Anatomia, Ciências da Vida, Dermatologia, Medicina Baseada em Evidências

Área de Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional – Ciências da Vida, Medicina Baseada em Evidências, Reabilitação

Área de Gastroenterologia – Anatomia, Ciências da Vida, Gastroenterologia/Hepatologia, Medicina Baseada em Evidências, Transplante, Urologia

Área de Medicina Legal – Anatomia, Ciências da Vida, Genética, Medicina Baseada em Evidências

Área de Medicina Preventiva – Anatomia, Ciências da Vida, Cuidados de Saúde, Medicina Baseada em Evidências

Área de Moléstias Infecciosas – Alergia e Imunologia, Anatomia, Ciências da Vida, Medicina Baseada em Evidências, Microbiologia e Virologia, Patologia

Área de Neurologia – Anatomia, Ciências da Vida, Medicina Baseada em Evidências, Medicina Geral Introdutória, Neurociência, Neurologia, Reabilitação

Área de Obstetrícia e Ginecologia – Anatomia, Ciências da Vida, Genética, Medicina Baseada em Evidências, Obstetrícia/ginecologia

Área de Ortopedia/traumatologia – Anatomia, Ciências da Vida, Medicina Baseada em Evidências, Medicina esportiva/ortopedia

Área de Otorrinolaringologia/Oftalmologia – Anatomia, Ciências da Vida, Medicina Baseada em Evidências, Oftalmologia

Área de Patologia – Anatomia, Ciências da Vida, Medicina Baseada em Evidências, Patologia

Área de Pediatria – Anatomia, Ciências da Vida, Medicina Baseada em Evidências, Pediatria

Área de Psiquiatria – Anatomia, Ciências da Vida, Medicina Baseada em Evidências, Psiquiatria, Saúde Mental

Área de Radiologia – Anatomia, Ciências da Vida, Medicina Baseada em Evidências, Oncologia/radioterapia, Radiologia

Fonte: DBD/FMUSP

Voluntários para pesquisa

Voluntariado-capaPessoas acima de 60 anos, com depressão

O Programa Terceira Idade do Instituto de Psiquiatria do HC/FMUSP busca homens e mulheres, acima de 60 anos, que estejam em tratamento com antidepressivo no mínimo há 6 meses, e que ainda não tenham apresentado melhora, para participar de estudo clínico com nova medicação.

Informações e inscrições para triagem: tel. 11 2661-6973 (somente às quartas-feiras, das 10h às 17h), ou e-mail: projeto.depressao.idosos@gmail.com

Fonte: IPq

Livros online gratuitos da área de saúde mental

scielolivrosA Rede c@ps – Projeto de Apoio à Rede de Atenção Integral e Assistência à Saúde Mental coloca à disposição mais de 100 livros da área para download gratuito.

Os títulos podem ser pesquisados de acordo com as categorias: Drogas, Violência, Saúde Mental, Crítica e Políticas Públicas.

Este projeto trata-se de uma ferramenta de divulgação de informações sobre Saúde Mental Integral e foi desenvolvido no Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul em 2012.

Para fazer o download dos livros, basta acessar este link!

Fonte: Rede C@PS

UNA-SUS oferece curso gratuito sobre Saúde da População Negra

BANNER FACEBOOK - CURSO EAD POP NEGRA - MODIFICAÇÕES finalmenorAs matrículas para o curso online e de ensino a distância “Saúde da População Negra” estão abertas.

Podem participar todas as categorias de profissionais da saúde, além de outros interessados no tema. O início do curso é imediato, a carga horária é de 45 horas, dividido em três unidades.

Para realizar a matrícula clique aqui.

A capacitação é organizada pela Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS) e pelo Ministério da Saúde, por meio das secretarias de Gestão do Trabalho e de Educação na Saúde (SGTES) e de Gestão Estratégica e Participativa (SGEP).

O curso fornece subsídios aos profissionais de saúde para que possam atuar – pela perspectiva do cuidado centrado na pessoa e na família – na implementação da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra (PNSIPN) e ampliar os conhecimentos desses profissionais para promover um atendimento integral e adequado às especificidades de saúde da população negra.

O curso debate questões relacionadas ao racismo institucional para os usuários do SUS. De maneira mais abrangente, pretende-se alertar os profissionais de saúde para que, durante a rotina de trabalho, eles possam identificar as iniquidades étnico-raciais que impactam sobre a saúde da população negra, além de monitorar e avaliar os resultados das ações para prevenção e combate dessas iniquidades.

A metodologia é interativa e utiliza perguntas e respostas comentadas. O participante avança nos estudos dentro do seu próprio ritmo . A estrutura do curso é ilustrada com vídeos e infográficos.

Cada atividade trata de situações baseadas em vivências clínicas de modo que a capacitação aproxime o aluno da realidade da Unidade de Saúde. Essas atividades auxiliam na aquisição dos recursos e entendimento necessários para implementar o encontro clínico centrado na população negra, baseado em evidência científica, conforme a perspectiva da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra (PNSIPN) e do SUS.

Fonte: Blog do Ministério da Saúde

UFSCar oferece curso a distância de Bibliometria e indicadores científicos

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) oferece primeiro curso totalmente a distância do Brasil em Bibliometria e indicadores científicos

A Bibliometria é uma técnica de análise de informações cada vez mais valorizada e voltada à tomada de decisões. Ela viabiliza a elaboração e análise de indicadores sobre produção científica e tecnológica a partir da quantificação de volumes significativos de informações disponíveis em bases de dados.

O curso, que é interdisciplinar, capacitará os alunos para compreender e analisar indicadores por meio de ferramentas automatizadas, com atividades teóricas e práticas.

Direcionado a bibliotecários e outros profissionais da informação, atuantes, por exemplo, em instituições de Ciência e Tecnologia, empresas de base tecnológica, consultorias, dentre outros interessados.

Professores renomados da UFSCar, e também especialistas do setor empresarial, são os responsáveis pelas aulas, compostas por exercícios de coleta e análise de informações que envolvem a aplicação de conceitos da Bibliometria por meio da utilização de ferramentas computacionais (VantangePoint 5.0, UCINET, NETDRAW e GEPHI), simulando situações reais, característica peculiar do curso. O material didático é composto por vídeo-aulas, tutoriais, textos e apresentações, e ficará disponível aos participantes no ambiente virtual de aprendizagem.

As inscrições estão abertas até o dia 20 de janeiro por meio do site www.bibliometria2017.faiufscar.com.

O curso a distância de Bibliometria e Indicadores Científicos, que tem duração de três meses (120 horas), é oferecido pelo Centro de Educação a Distância do Núcleo de Informação Tecnológica (NIT) do Departamento de Engenharia de Materiais (DEMa) da UFSCar e gerenciado pela Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FAI) da Universidade. Mais informações pelo e-mail spinola@ufscar.br.

Fonte: UFScar

Inscrições abertas para pós-graduação na FMRP/USP

Até o dia 31 de maio, estão abertas as inscrições para os programas de pós-graduação em Biotecnologia e em Oncologia Clínica, Células-Tronco e Terapia Celular, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP. Os candidatos podem se inscrever das 8 às 17 horas, na Rua Clóvis Vieira, casa 27, no campus da USP em Ribeirão Preto.

A seleção é composta de prova dissertativa e análise curricular. Serão disponibilizadas cinco vagas de mestrado profissional para área de Biotecnologia, oito vagas para o mestrado e doutorado na área de Diferenciação Celular Normal e Neoplásica e oito vagas para área de Células-Tronco e Terapia Celular.

O curso de Biotecnologia abrange conceitos básicos, estudo e desenvolvimento de processos e produtos biotecnológicos, além da compreensão dos fundamentos de bioinformática usados na rotina de um laboratório de Biologia Molecular.

O Programa em Oncologia Clínica, Células-Tronco e Terapia Celular busca a formação de profissionais para atuar tanto no campo acadêmico como no setor produtivo e governamental.

Os horários e os locais das etapas do processo seletivo devem ser consultados pelo e-mail secretariaceduc@hemocentro.fmrp.usp.br ou pelo telefone (16) 3315-4603.

Mais informações: site ceduc.fmrp.usp.br

Fonte: Agência USP de notícias

Programa experimental de assistência a idosos com depressão

Os transtornos mentais estão entre os problemas de saúde mais significativos na população adulta. Entre os idosos, estima-se que aproximadamente 10% tenham algum sintoma de depressão que necessita de atenção.

No Brasil, o Censo de 2010 revelou que 11% da população tem 60 anos ou mais.

Hoje, os idosos já são mais de 13% (26 milhões) dos brasileiros. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a quantidade triplicará até 2050.

A OMS recomenda que os transtornos mentais comuns, como a depressão, sejam identificados e tratados na atenção primária, que é a porta de entrada dos sistemas de saúde.

Estudo realizado por pesquisadores do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e da London School of Hygiene & Tropical Medicine desenvolveu um programa experimental de assistência a idosos com depressão. Após cinco meses de intervenção em domicílio, 87% dos pacientes atendidos apresentaram melhora significativa nos sintomas, chegando a reverter o quadro depressivo.

O projeto, com financiamento da FAPESP, contemplou o treinamento das equipes de saúde e o desenvolvimento de um sistema de interação com idosos para ser usado em tablets. Foram atendidos em domicílio 33 idosos com depressão cadastrados em uma unidade básica de saúde (UBS) da capital paulista.

Fonte: Agência FAPESP